Francesinha de novo? – Unhas da semana

Oi gente tudo bem??

Ando meio sumida por aqui né? Peço desculpas a vocês, mas é que a vida anda um pouco corrida e quase não estou tempo de fazer algumas coisas que tanto gosto, e dentre elas as unhas e escrever para vocês…

Hoje eu vou falar de uma coisa que me incomoda um pouco: unhas muito grandes ou roídas. Afinal, quem é que gosta de unhas ruídas? Ou daquelas unhas enormes que machucam a gente a todo momento? Pois bem, nesta semana estava assistindo uma reportagem na Record (sim, as vezes eu assisto canais abertos rs), que tinha como assunto principal a mania/costumes de algumas pessoas. A parte que mais me chamou atenção foi quando as mãos ficaram em primeiro lugar, vou dizer a vocês porque: porque as mãos são o maior contato das pessoas com a boca. Estranho isso não? Mas é verdade gente, para colocar qualquer coisa na boca precisamos das mãos, e por isso se criam os maus costumes, como: roer as runhas, chupas os dedos, arrancar aquelas pelezinhas dos cantinhos das unhas com a boca, e muitos outros… Agora a questão é que, as mãos junto com as unhas se tornam também uma das partes mais sujas do corpo, podem acreditar!! Se eu preciso pegar algo em algum lugar eu pago com as mãos certo? E não temos o costume de lava-las a todo momento. Nossa Tamara, mas por que falar tudo isso para chegar nas unhas grandes ou roídas?

Ao roer as unhas você está exatamente colocando uma das partes mais sujas do corpo em contato com a sua boca e neste momento e contato com várias bactérias do dia-a-dia, ou seja, você pode sim contrariar uma doença através desse contato. Além disso, não tem nada mais feio do que olhar para as mãos de uma pessoa e ver aquelas unhas todas roídas, desajeitadas e desalinhadas com aquelas pelezinhas altas né? Pelo menos pra mim, passa um ar de descuido. Eu entendo que na maioria das vezes o nervosismo ou a ansiedade são os culpados para que exista essa mania, mas por que não se policiar e mudar isto? Eu por exemplo consegui (sim, eu as roía).
E quanto ao quesito, unhas grandes, entra mais ou menos na mesma questão. Se eu tenho unhas muito grandes automaticamente eu estou dando liberdade para aquelas sujeirinhas e bacterias fazerem da parte inferior da minha unha uma casinha, você sabia? E por isso você pode fazer com que esses bichinhos tenham contato com os objetos que você pegar nas mãos, principalmente aqueles que você vai usar para comer. Por este motivo, quando minhas unhas estão crescendo muito, eu as lixo ou corto, deixando elas com um tamanho aceitável.

E vocês gostam da unha de quais tamanhos? Tem alguma mania dessas que citei acima?

Agora falando de unhas da semana mesmo rs, eu hoje estou participando de uma tag que a Aline tem por aqui no B&T, que é a Testado e Aprovado! Eu passei pela 25 ontem e não resisti, comprei dois adesivos de unhas da estampa que mais gosto para saber se era bom ou não. As duas estampas são de oncinha, a aplicação é extremamente fácil e me deixou muito contente por isso. Aparentemente a durabilidade é legal, mas semana que vem conto para vocês o que achei.
Para acompanha-las eu fiz uma francesinha comum (já não é mais segredo que amo francesinhas né?) e achei que o resultado foi maravilhoso. Vamos ver?? *-*

E aí, o que acharam dessa nova maneira de ver como as Unhas da Semana são preparadas?

 

Não poderia falar a nossa fotinho né? *-*

 

Cores utilizadas: Luna da Realce, Paris e Branco Purissimo da Risqué e Adesivos de Unhas – Oncinha da Cosmetology.

O que acharam do resultado? Gostam da francesinha? Gostaram do tema que falei acima? Espero que sim!!

Até semana que vem, grande beijo.

Tamara Fernanda

 

FacebookTwitterGoogle+PinterestWhatsAppShare

Unhas da Semana – A la Francesa!

Francesinha clássica e delicada :)

Bonjour les gens!

(Olá pessoal)

E olha só eu me achando por aqui querendo “falar” francês haha (sou péssima nisso). Para o post de hoje vou escrever um pouquinho sobre o estilo de unha que eu mais gosto de fazer: francesinha. *-*

Gente, tem coisa mais bonita do que uma unha bem feita e a esmaltação estilo francesinha? Eu sou extremamente apaixonada, até mesmo aquelas não clássicas, acho sempre um charme. O engraçado é que eu demorei muito para aprender a faze-las, sempre começava e tinha que tirar todo o esmalte depois porque ficava muito ruim. Mas não desisti, insisti, insisti e hoje consigo fazer. Elas não ficam perfeitas quanto algumas que eu vejo por aí, mas ficam muito bonitas.

 

Olha só que francesinhas lindas! Fala sério, tem como não se apaixonar? *-*

Olha só que francesinhas lindas! Fala sério gente, tem como não se apaixonar? *-*

E você já ouviu algo sobre como surgiram as francesinhas? Ou por que elas possuem esse nome? Antigamente os franceses não tinham o hábito de tomar banho todos os dias então vocês imaginam como era né? Além das pessoas perceberem esse não costume pelo cheiro (que não deveria ser muito agradável), percebiam também pelas sujeiras que se acumulavam nas unhas. Então, logo quando surgiram os esmaltes, as francesas passaram a pintar somente a ponta das unhas, assim a sujeira não ficava a mostra. Quando a novidade se espalhou, batizaram o famoso estilo como “francesinhas”, nada mais justo né?

Tentei achar algum esmalte francês antigo, sem sucesso, mas vejam esses gente, como as embalagens eram diferentes né?!

Tentei achar algum esmalte francês antigo, sem sucesso, mas vejam esses gente, como as embalagens eram diferentes né?!

Agora falando sobre cores, apesar de achar que esmaltes não precisam combinar com roupa ou maquiagem, as vezes ficamos em dúvida se um esmalte verde (eu amo) vai ficar legal com aquela blusa laranja que pretendemos usar, então aí vai um conselho: quando ficar em dúvida, faça francesinha, porque essa sim combina com TUDO. E quando falamos sobre francesinhas, como não se encantar com aquelas vistas em noivas? Chega a ser mágico! São lindas, sempre bem feitas, algumas clássicas e outras com pequenos detalhes. E preciso confessar: nunca vi uma noiva com as unhas vermelhas, coloridas ou algo do tipo. Por que será né? Acho que eu casaria com as unhas esmaltadas de verde ou azul, por exemplo!

Unhas + Noivas = Francesinha <3

Unhas + Noivas = Francesinha <3

E para minha semana de volta ao trabalho a minha unha da semana foi essa: a francesinha clássica, com um pequeno adesivo em cada dedo anelar que ficam parecendo desenhos feitos a mão. Na verdade trata-se de uma película mas que não fixa na unha toda, e sim só no tamanho do desenho. Em um outro post contarei com mais detalhes sobre estes tipos de películas, que é super fácil de manusear.

Esse foi o acessórios que utilizei para fazer a francesinha da semana.

Esse foi o acessórios que utilizei para fazer a francesinha da semana.

Esmaltes utilizados:

  • Branco, da Realce;
  • Luna, da Realce;
  • Platino, da Risque;
  • Paris da Risque.

Gente, um segredinho: eu não gosto de usar o Renda para finalizar a francesinha, acho que ele sempre deixa bolinhas e por isso sempre uso o Paris. Como dá para ver na foto, o passo-a-passo foi: primeiro passei o Luna, após fiz as tirinhas com o Branco, uma mão do Platino e uma mão do Paris. Apesar de utilizar várias camadas de esmalte, elas não ficam com a esmaltação grossa.

E o grande resultado vem logo abaixo, e por favor me desculpem pelas poucas fotos quando o assunto é resultado, prometo que das próximas tentarei tirar fotos de diversas maneiras.

 

Francesinha clássica e delicada :)

Francesinha clássica e delicada :)

E vocês, gostam de francesinhas? Sabem fazer? Quais técnicas costumam usar?

Je vous remercie beaucoup et jusqu’à Dimanche!

(Muito obrigada e até domingo!)

Gros bisou, Tamara Fernanda.

(Grande beijo)

FacebookTwitterGoogle+PinterestWhatsAppShare

Unhas da Semana – Francesinha ombrê!

Oi gente, tudo bem?

Estou de volta com mais um Unhas da Semana de novo feita pela minha pessoa! Então, mesma coisa do post anterior: alguns bifes básicos e a mão esquerda melhor do que a direita!!!!!! Alias, se alguém tiver dicas de como não tirar bifes, por favor, deem uma forcinha para a pessoa aqui =P

Para essa semana, escolhi pintar de uma cor clarinha e fazer (ou pelo menos tentar) uma francesinha ombrê. Já tinha visto essa técnica há algum tempo mas nunca tentei justamente porque não sou muito habilidosa com esmaltes, mas já que é para tentar, vamos lá! E eis o resultado:

Lembram das Branquelas? Fazer COMPRASS

Lembram das Branquelas? Fazer COMPRASS

Eu acho que francesinha vai bem em qualquer ocasião e uma ótima opção para quem quer sair do básico. Para fazer esse ombrê eu usei uma esponjinha de maquiagem e repeti o procedimento seis vezes para ficar bem branquinho. No final, fiquei satisfeita com o resultado.

Francesinha Ombrê

Para fazer esse ombrê, usei dois esmaltes da Impala: o Branco e o Cigana.

Francesinha Ombrê

Gostaram? E qual é a cor de vocês?

Um beijo e até o próximo post =)

FacebookTwitterGoogle+PinterestWhatsAppShare